O sistema dos planos de saúde dos países da Região

sempre odonto
Deve considerar as
seguintes mudanças para uma melhor prestação de serviços aos idosos. • O
estilo de atendimento médico precisará mudar de intervenções pontuais que
corrigem um único problema para o gerenciamento contínuo de várias doenças
e deficiências.
Médicos e pacientes terão que ter um relacionamento contínuo projetado para
ajudar os pacientes a lidar com as doenças em vez de curá-las. • Com a doença
crônica, muitas vezes vem a deficiência que requer serviços acessíveis de
cuidados de longo prazo, como cuidados de saúde domiciliares, asilos, cuidados
pessoais e creches. Além disso, deve ser feito o empoderamento e capacitação
dos familiares como cuidadores. • Serão necessárias novas formas de integrar
os serviços médicos e de cuidados prolongados nos serviços de cuidados de
saúde primários de rotina.
O Plano de Ação Internacional de Madrid sobre o Envelhecimento (2002) e a
Declaração Política adotada na Segunda Assembleia Mundial sobre o
Envelhecimento em abril 2002, priorizam o acesso aos cuidados primários de
saúde, a fim de fornecer o contato e os cuidados regulares e contínuos que os
idosos precisam para prevenir ou retardar o aparecimento de doenças crônicas,
muitas vezes incapacitantes.
Muitos países estão tentando encontrar maneiras de melhorar a prestação de
cuidados domiciliares, em vez de investir em mais cuidados institucionais. Por
exemplo, em Illinois, no centro-oeste dos EUA, o Departamento de
Envelhecimento gasta cerca de US$ 117 por dia para pessoas em asilos, em
comparação com um custo mensal de apenas US$ 650 para cuidados
domiciliares.

Leave a Reply

Your email address will not be published.